quinta-feira, 15 de julho de 2010


Alles Aus Liebe

Ich würde dir gern sagen
Wie sehr ich dich mag
warum ich nur noch an dich denken kann.
Ich fühl mich wie verhext und ih Gefangenschaft
Und du allein trägst Schuld daran
Worte sind dafür zu schwach
Ich befürchte, du glaubst mir nicht.
Mir kommt es vor, als ob mich jemand warnt,
Dieses Märchen wird nicht gut ausgehen.

Es ist die Eifersucht, die mich auffrisst,
Immer dann, wenn du nicht in meiner Nähe bist.
Von Dr. Jekyll werd' ich zu Mr. Hyde,
Ich kann nichts dagegen tun, plötzlich ist es soweit.
Ich bin kurz davor, durchzudrehen,
Aus Angst, dich zu verlieren.
Und das uns jetzt kein Unglück geschieht,
Dafür kann ich nicht garantieren.

Chorus:
Und alles nur,
Weil ich dich liebe.
Und ich nicht weiß wie ichs beweisen soll.
Komm ich zeig dir wie groß meine Liebe ist
Und bringe mich für dich um.

Sobald deine Laune etwas schlechter ist
Bild' ich mir gleich ein, dass du mich nicht mehr willst.
Ich sterbe beim Gedanken daran,
Dass ich dich nicht für länger halten kann.
Auf einmal brennt ein Feuer in mir
Und der Rest der Welt wird schwarz.
Ich spür wie unsere Zeit verinnt.
Wi nähern uns dem letzten Akt.

Chorus:
Und alles nur,
Weil ich dich liebe.
Und ich nicht weiß wie ichs beweisen soll.
Komm ich zeig dir wie groß meine Liebe ist
Und bringe mich für dich um.

Ich bin kurz davor, durchzudrehen,
Aus Angst dich zu verlieren
Und das uns jetzt kein Unglück geschieht,
Dafür kann ich nicht garantieren.

Chorus:
Und alles nur,
Weil ich dich liebe.
Und ich nicht weiß wie ichs beweisen soll.
Komm ich zeig dir wie groß meine Liebe ist
Und bringe mich für dich um.

Komm ich zeig dir wie groß meine Liebe ist,
Und bringe uns beide um.


Tudo Por Amor

Eu gostaria de lhe dizer
O quanto eu gosto de você
E porque eu consigo só pensar em ti.
Me sinto como um amaldiçoado em um cativeiro
E você sozinho carrega a culpa disso
Palavras são fracas de mais
Eu receio, que você não acredita em mim.
Me vem em mente, parece que alguém me alerta,
Que esse conto não vai terminar bem.

É o ciúme, que me corroe,
Sempre quando, você não está perto de mim.
De Dr. Jelly me torno o Mr. Hyde,
Eu não posso fazer nada contra, do nada já está nessa altura do campeonato.
Eu estou a pouco de enlouquecer,
Por medo de te perder.
E que não nos aconteceu nenhum mal,
Isso eu não posso garantir.

Refrão:
E tudo só,
Porque eu te amo.
E eu não sei como eu devo demonstrar isso.
Venha eu te mostro, quão grande meu amor é
Eu me mato por você

Assim que seu ânimo fica pior
Eu penso logo, que você não me quer mais.
Eu morro em meus pensamentos com isso,
Que eu não posso te segurar para sempre.
De repente, um fogo queimando em mim.
E o resto do mundo se torna preto.
Eu posso sentir o tempo se esgotando.
Nos aproximamos para o último Ato.

Refrão:
E tudo só,
Porque eu te amo.
E eu não sei como eu devo demonstrar isso.
Venha eu te mostro, quão grande meu amor é
Eu me mato por você

Eu estou a pouco de enlouquecer,
Por medo de te perder.
E que não nos aconteceu nenhum mal,
Isso eu não posso garantir.

Refrão:
E tudo só,
Porque eu te amo.
E eu não sei como eu devo demonstrar isso.
Venha eu te mostro, quão grande meu amor é
Eu me mato por você

Venha eu te mostro, quão grande meu amor é
E nos morremos juntos





terça-feira, 13 de julho de 2010






Vida
É o amor existencial.
Razão
É o amor que pondera.
Estudo
É o amor que analisa.
Ciência
É o amor que investiga.
Filosofia
É o amor que pensa.
Religião
É o amor que busca a Deus.
Verdade
É o amor que eterniza.
Ideal
É o amor que se eleva.

É o amor que transcende.
Esperança
É o amor que sonha.
Caridade
É o amor que auxilia.
Fraternidade
É o amor que se expande.
Sacrifício
É o amor que se esforça.
Renúncia
É o amor que depura.
Simpatia
É o amor que sorri.
Trabalho
É o amor que constrói.
Indiferença
É o amor que se esconde.
Desespero
É o amor que se desgoverna.
Paixão
É o amor que se desequilibra.
Ciúme
É o amor que se desvaira.
Orgulho
É o amor que enlouquece.
Sensualismo
É o amor que se envenena.
Finalmente, o ódio, que julgas ser a antítese do amor, não é senão o próprio amor que adoeceu gravemente.
Francisco Cândido Xavier

quinta-feira, 1 de julho de 2010


P.S. I Love You

As I write this letter
Send my love to you
Remember that I'll always
Be in love with you

Treasure these few words
Till we're together
Keep all my love forever
P.S. I love you
you, you, you

I'll be comin' home again to you, love
Until the day I do love
P.S. I love you
you, you, you

quarta-feira, 30 de junho de 2010


a Minha Menina

Ela é minha menina
E eu sou o menino dela
Ela é o meu amor
E eu sou o amor todinho dela

A luz prateada se escondeu
E o sol dourado apareceu
Amanheceu um lindo dia
Cheirando a alegria
Pois eu sonhei
E acordei pensando nela

Pois ela é minha menina
E eu sou o menino dela
Ela é o meu amor
E eu sou o amor todinho dela

A roseira já deu rosas
E a rosa que eu ganhei foi ela
Por ela eu ponho o meu coração
Na frente da razão
E vou dizer
Pra todo mundo
Como gosto dela

Pois ela é minha menina
E eu sou o menino dela
Ela é o meu amor
E eu sou o amor todinho dela

A lua prateada se escondeu
E o sol dourado apareceu
Amanheceu um lindo dia
Cheirando alegria
Pois eu sonhei
E acordei pensando nela

Pois ela é minha menina
E eu sou o menino dela
Ela é o meu amor
E eu sou o amor todinho dela

Coisas Da Vida

Quando a lua apareceu
Ninguém sonhava mais do que eu
Já era tarde
Mas a noite é uma criança distraída

Depois que eu envelhecer
Ninguém precisa mais me dizer
Como é estranho ser humano
Nessas horas de partida

É o fim da picada
Depois da estrada começa
Uma grande avenida
No fim da avenida
Existe uma chance, uma sorte,
Uma nova saída
São coisas da vida
E a gente se olha, e não sabe
Se vai ou se fica

Qual é a moral?
Qual vai ser o final
Dessa história?
Eu não tenho nada pra dizer
Por isso digo
Que eu não tenho muito o que perder
Por isso jogo
Eu não tenho hora pra morrer
Por isso sonho

Aaah... são coisas da vida
E a gente se olha,
E não sabe se vai ou se fica

sábado, 26 de junho de 2010

>>>> =P


o dia está cinza
minha cabeça, a mil
mas a sua lembrança me desacelera, me acalma.
deixa o céu azul

o seu perfume parece que me acompanha
em todo lugar que eu vou
de repente sinto
e você está aqui

quando me conta que chorou
o dia fica cinza de novo.
quero cuidar de você
sempre fazer você sorrir
e o céu vai ser sempre azul

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Sinceramente


Sinceramente
(Cachorro Grande)

Sinceramente você pode se abrir comigo
Honestamente eu só quero te dizer
Que acertei meu pulo quando te encontrei
Eu acertei

Eu sei a palavra que você deseja escutar
Você é o segredo que eu vou desvendar
Você acertou o pulo quando me encontrou
Acertou o pulo quando me encontrou

Então o nosso mundo girou
Você ficou e a noite veio
Nos trazer a escuridão
E aí então
Eu abri meu coração
Por que nada é em vão

Gostei do seu charme e do seu groove
Gostei do jeito como rola com você
Gostei do seu papo e do seu perfume
Gostei do jeito como eu rolo com você